Aviso final da Judokan

Informo aos amigos judocas do Dojô Judokan, e seus pais ou responsáveis, que encerraremos as aulas de Judô.
Como vocês bem sabem, não é de hoje que ensaiamos esta decisão a qual, apesar dos nossos esforços no sentido contrário, tornou-se necessária.

O Dojô Judokan foi um esforço nobre para levar aos jovens sobradinhenses mais que uma arte marcial ou apenas técnicas de luta mas, através dos ensinamentos de Jigoro Kano, proporcionar um ambiente para o aperfeiçoamento físico e moral.

Como sensei sempre quis ir além daquela expectativa de que as artes marciais, além de técnicas de luta, ensina a disciplina … não! O Judô tem muito mais a oferecer: ele ajuda a formar pessoas comprometidas com o melhoramento pessoal que reflete na sociedade; a formação do judoca inclui a valorização do que é bom, correto e justo, o esforço para o aperfeiçoamento moral, a busca incessante da excelência, e o comprometimento com o bem estar da humanidade. Como está registrado no Espírito do Judô: “saber cada dia um pouco mais, utilizando o saber para o bem, esse é o caminho do verdadeiro judoca”.

Creio na força transformadora do jovens, ou seja, a qualidade do futuro dependerá da educação que estes recebem hoje. E a responsabilidade é de todos nós, adultos, de educá-los para um futuro melhor.

Tenho plena confiança no Judô de Jigoro Kano, não esse judô de academia que ganha forma hoje imitando outras artes marciais famosas, mas o Judô praticado em Dojô (lugar de aperfeiçoamento). Esse Judô de Dojô tem tudo para ser mais uma ferramenta promotora do bem da sociedade.

No entanto, mesmo um projeto tão bonito, carece de mecanismos de suporte e que certa quantidade de pessoas acreditem nele para ser sustentável. E é chegado o momento de reconhecer a falta destes requisitos.

Portanto, decidi dedicar-me a outros projetos, alguns pessoais, outros profissionais, e outros de cunho social. Deixarei o Dojô Judokan para um momento mais propício ao seu crescimento.

Agradeço aos meus alunos que acreditaram até agora, sempre dispostos a aprender. Por vocês retardei essa decisão por tanto tempo.

Tenho a plena confiança de tornaram-se mais que bons cidadãos, tornaram verdadeiros judocas.

Atenciosamente,

Sensei Laudivan F Almeida

One Comment

  1. CESAR ALCANTARA DE ALBUQUERQUE

    É um grande desperdício, ver algo tão precioso, que fez parte da minha formação moral e de muitas crianças e jovens de Sobradinho, uma história desde 1977, parabéns meu amigo guerreiro , ninguém poderá dizer que você não fez de tudo para esse projeto dá certo!

Deixe seu comentário