Tem Tux na Agricultura

Muitos são os desafios enfrentados pela atual administração da Prefeitura de Sobradinho, em todos os seus setores. E lá no Departamento de Tecnologia da Informação e Comunicação (DTIC) não tem sido diferente.
Não é novidade que a mudança de governos entre grupos adversários é sempre traumática e o novo governo fica com a árdua tarefa de garantir a continuidade de serviços ou, na pior das hipóteses, retomá-los o mais rápido possível.
No caso da administração do prefeito Luiz Vicente estes desafios são dobrados, pois ele, movido pela sua juventude, pede muito mais que a simples continuidade dos serviços: quer o empreendedorismo, a inovação.

Motivados por este ideal de inovação, sem perder o foco nas necessidades de uma transição de governo, que exige economia de recursos públicos, e aplicando os princípio de uma TI mais Verde (clique para saber mais), ou seja, uma TI preocupada com o impacto que gera sobre o meio ambiente, e na busca pelo alinhamento com os objetivos estratégicos do governo, nós do DTIC, em parceria com a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SEAMA), implantamos o Linux Terminal Server (LTSP) sobre Ubuntu.

ltsp_diagram

Trata-se de uma rede com terminais leves onde, com um computador onde foram instalados o Ubuntu e os serviços do LTSP, pudemos re-aproveitar vários outros computadores velhos que praticamente não serviriam para mais nada. Quem já visitou algum dos Centros de Cidadania Digital (CDC) da Bahia já dever visto alguma máquina com LTSP.

Para que os amigos possam ter uma noção, este computador a direita é um Pentium 4, sem disco rígido e com apenas 16Mb de RAM, mas está rodando o Ubuntu 12.04, LibreOffice 3, Google Chrome 26, tudo de mais novo sem problema e com desempenho bem satisfatório.
Vale ressaltar que este computador esta encostado pois não atendia às necessidades computacionais de nenhum setor.

Junto com ele, mas outras 5 máquinas com configurações diversas, sem disco rígido e com pouca memória RAM, estão sendo reaproveitadas na SEAMA.
É bem verdade que o LTSP está sendo usado em produção pela primeira vez na prefeitura e estamos esperando alguns problemas sobretudo de adaptação dos usuários, mas estamos todos muito entusiasmados.
Não poderíamos de deixa de agradecer ao nosso amigo Fabrício Viana Lopes, lá da SEAMA, que não apenas comprou a ideia do LTSP mas tem colaborado com DTIC em diversos outros assuntos: Valeu Fabrício!!!

Deixe seu comentário